O amor

O amor, o que você pensa quando ouve a palavra amor?

Eu penso em todas as coisas que gosto de fazer, todas as pessoas com quem gosto de estar, com todos os seres que tenho contato.

Amor me faz lembrar do dia de ontem, dos amigos abraçados, das mensagens trocadas, dos carinhos recebidos, dos pequenos detalhes, de café na esquina com as amigas, a oração feita por um desconhecido que chorava a minha direita no transporte público e por não saber do que se tratava resolvi pedir a Deus que aliviasse a sua dor.

Amor palavra pequena com uma simbologia incrível. O que mais você ama na vida, eu diria a vida em si, a chance de ser quem eu sou, de descobrir coisas, pessoas, lugares e por fim de me descobrir em todas essas coisas.

Amo amar a vida que me foi presenteada.

E você o que pensa da palavra amor? a quem você ama? o que você ama?

Um dia de muito amor para todos.

Anúncios

Ser

O que somos? Você já parou para pensar nisto? do que somos feitos? Não apenas um organismo vivo tentando se manter vivo em um mundo caótico. Do que somos feitos e não estou falando de células, mas de que material somos feitos? Um amigo do Planeta Zurim sempre me diz que somos feitos de energia, de amor, que de longe ele pode ver o brilho que cada um produz com seu jeito de ser, de viver, de encarar a vida. Eu achei bem interessante esse pensamento de Lum, pena que não tenho o poder dele de ver o brilho das pessoas, ele me disse que todo o povo de Zurim tem esse poder. Cada planeta tem um povo bem especial e cada povo tem um poder específico e isso é muito bom.

Em Ubuntu gostamos de nos preocupar com o que somos para o mundo, qual nossa contribuição para o bem comum e onde vocês moram com o que se preocupam? Em alguns planetas o povo tem se preocupado mais em possuir coisas do que em contribuir com conquistas para o seu povo, pessoas que desejam ter suas conquistas individuais acima das conquistas coletivas e para isso postam minuto a minuto de suas vidas em troca de visualizações, se estão certas ou erradas não discutimos, mas qual o sabor dessa pequena vitória? não sei dizer, mas se estão contentes com isso, que bom. Depois de muito pensar acredito que todos nós independente de que planeta nascemos ou para onde vamos, o importante é sermos felizes.

Ser, existir em qualquer lugar do Universo é um privilégio, tomara que todos um dia possam ter consciência da importância de cada ato, pois todos nós fazemos parte de um todo, por isso cada gesto importa. Espalhem luz por todos os lugares por onde passarem.

Por isso Ser feliz, Ser amor, Ser Vida, Ser você mesmo do jeito que você sempre quiz ou sempre sonhou. Viva o seu jeito de viver a vida!

Aloha!

Anaya Hanna.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comer

 

Quando ouvimos a palavra comer o que nos lembramos? Algo que ingerimos para saciar nossa fome? uma necessidade para manter nosso corpo funcionando? um prazer em vivenciar momentos únicos? o que a palavra comer traz pra você? aquela refeição quentinha na casa da mamãe, da vovó? uma parada no trabalho para matar uma necessidade?

Independente do que vem a sua lembrança quando ouve a palavra comer, uma coisa podemos concluir ela vem acompanhada de um sentimento, bom ou ruim, mas esse sentimento existe.

Aqui em Ubuntu quando falamos em comer falamos em reverenciar todas as pessoas envolvidas no processo da fabricação do alimento, seu transporte até chegar a nossa mesa, por isso enxergamos esse momento como algo sagrado. Comer é louvar a todos que participam do processo, é entender que os alimentos não surgiram do nada e para o nada eles vão. Entender que devemos refletir sobre todo o processo de fabricação, armazenamento, distribuição e consumo; só desta forma podemos comprar os alimentos de uma forma consciente, sabendo também qual será o destino de suas embalagens.

O ato de comer é também um ato de decisão, qual o futuro que quero para o meu planeta, para minha vida e para meus descendentes.

E você já parou para pensar em todas estas possibilidades antes de apenas sentar em uma mesa e consumir alguns alimentos? espero que sim e que juntos possamos pensar cada vez mais nas soluções sustentáveis para nossos planetas.

Aloha!

Anaya Hanna

 

Amizade

Hoje fui visitar minha amiga Tunica, ela é uma pessoa muito amável e adora viajar, como já havia vários meses que não nos víamos resolvi fazer uma surpresa e ir até a casa dela. Foi um encontro muito gostoso, colocamos a conversa em dia, todas as fofocas da família e dos amigos e as novidades da escola. Tunica está frequentando uma nova escola e tinha muito o que falar da nova escola e dos novos amigos. Foi tudo muito divertido. Um dia alegre e leve, como a vida tem que ser ao lado dos grandes e queridos amigos.

A amizade é um presente que recebemos e temos que cuidar para que possamos conservá-la por muito tempo, Tunica me diz sempre que os amigos são para sempre, como é bom poder contar com alguém quando estamos passando por situações difícieis ou mesmo quando estamos muito alegres para dividir nossas emoções. Com os amigos tudo fica melhor.

Aqui em Ubuntu valorizamos nossos amigos não só presenteando com objetos, mas com nossas lembranças e o mais importante com um pouco do nosso tempo, como fiz hoje, poderia ter ficado em casa, mas resolvi ir ver minha amiga e foi um dia super feliz.

Precisamos dos amigos em todos os momentos, por isso é tão bom quando olhamos para trás e vemos que os amigos de ontem ainda estão presentes em nossas vidas, quando por uma razão eles não podem estar conosco ainda temos os bons momentos para lembrar, recordar e vivenciar.

Valorize seus amigos, eles são um presente em nossas vidas.

Aloha!

Anaya Hanna.

Dia de viver arte!

Hoje em nossa escola foi dia de viver a arte!

Como é viver a Arte você deve estar se perguntando? aqui em Ubuntu, viver o dia de Arte é visitar um de nossos mestres preferidos e poder vivenciar um dia ao seu lado, desde o momento do café até o jantar, é muito legal, pois podemos vivenciar suas ações, atividades, suas inspirações.

Eu acompanhei a mestre Zolemi, uma escultura que faz peças lindas com uso de metal, como parafusos, foi um dia inesquecível. Comecei preparando um café da manhã bem reforçado, pois teríamos um dia longo, arrumei a cozinha enquanto a mestre foi andar pelo terreno, uma área verde muito bonita, para ganhar inspiração. Depois que eu terminei de arrumar tudo fui andar com a mestre, em meio a natureza e tendo o silêncio como nosso companheiro fomos para o atelier. Aprendi que o trabalho exige muita dedicação e não apenas inspiração. Ter talento não é o bastante se você não souber o que fazer com ele, por isto precisamos aprender a como usar esse dom através de diversas técnicas. Fiquei bem surpresa, achei que era apenas colocar minha intuição para trabalhar, hoje aprendi que talento e trabalho devem estar juntos para alcançarmos o sucesso.

O dia passou tão rápido que quando percebi já era noite e fomos comer uma deliciosa sopa e agradeci muito o dia que passei ao lado da minha mestre, ela também disse que gostou muito de minha companhia. Ao final do dia aprendi uma linda lição, aprendemos com a convivência com o outro, pois somos parte de um todo.

 

 

Aula de Arte

Hoje tivemos nossa aula de arte com uma nova professora, estavámos todos ansiosos por conhecer a nova professora e tudo o que ela tem para nós ensinar. O nome dela é Sra. Adelaide e tinha um perfume muito gostoso.

Ficamos todos encantados com a Professora Adelaide, ela nos ensinou muita coisa hoje, mas a coisa mais legal que eu aprendi foi que fazer arte também se pode aprender através de técnicas de desenho, pintura, colagem, dança, música, antes pensava que só podia ser um artista quem já tinha nascido com um dom, como saber fazer lindos desenhos. Fiquei muito contente, pois vou começar desde já a desenhar.

 

Dia de visitas!

Hoje é dia de visitas, aqui em Ubuntu costumamos uma vez por mês realizarmos visitas na casa de nossos vizinhos e amigos. É um dia muito especial, pois todos fazem algo especial para esperar a visita dos amigos, sempre tem algo bem gostoso e quentinho para comer. Estamos no inverno e quem não gosta de um delicioso chá quentinho, uma sopinha deliciosa, um bolo gostoso, um chocolate quente, hum adoro tudo!

Comecei visitando minhas tias, tios, primos, minha adorável vovó, comi deliciosos biscoitos, enquanto alguém da família sai para fazer as visitas sempre tem alguém em casa para receber quem está vindo visitar. É um dia delicioso não só por conta das comidinhas deliciosas, mas por poder visitar nossos familiares e amigos e poder receber a visita deles. Como todos nós moramos próximos as ruas ficam bem coloridas, enfeitamos por que é um dia de festa. Essa tradição existe há séculos em nossa comunidade, eu adoro poder visitar e receber meus amigos em casa.

Estar junto das pessoas que gostamos é uma delícia, aqui em Ubuntu valorizamos a companhia dos nossos amigos e familiares, por isso reservamos sempre um tempinho especial para cada um.

Aloha!

Anaya Hanna.

 

Jardim das Borboletas

Hoje foi um dia especial eu e minhas amigas fomos visitar o jardim das borboletas, todos adoram esse lugar, é bem tranquilo, calmo, traz uma paz para todos que o visitam. Sabemos apreciar a beleza das borboletas, suas cores, seus voos sobre nossas cabeças, mas será que todos sabem de onde elas vêem, como se formam, que antes de serem belas borboletas coloridas e voadoras, eram lagartas que poucos apreciavam, mas se dado o tempo certo se transformam em lindas imagens. Será que todos nós temos a chance de desabrochar e alcançar voos só possíveis em nossos sonhos, será que todos têm a chance de amadurecer e deixar transparecer todo o seu colorido ou ainda existem grupos que por medo do voo das lindas borboletas desestimulam sua metamorfose.

Quando apreciamos a beleza das borboletas entendemos como a natureza se pronuncia quando a deixamos a seu tempo, sem apressar o passo nem retardar tudo em seu tempo certo.

Que saibamos aguardar o momento do desabrochar de cada flor em seu tempo e saibamos respeitar todo o seu colorido com admiração.

Minha família!

 

Aqui em Ubuntu nossa família são todas as pessoas de nossa comunidade, moramos em casas próximas de uma Floresta e nos organizamos para que todos cuidem de todos. Temos pai, mãe, irmãos, tios, tias, primos e nossos amigos são como nossos irmãos. Você deve estar se perguntando se vivemos tão próximo a natureza, será que aprendemos a utilizar a tecnologia galaxial sem perder o respeito a mãe natureza? Sim conseguimos conviver em vários mundos, com vários tipos de tecnologia sem perder nossa essência, nosso referencial. Sabemos que para muitos povos de vários planetas o avanço da tecnologia está ligado a algo moderno e avançado e preservar a nossa natureza seria um jeito primitivo de viver, mas posso garantir o contrário, quando percebemos a imensidão que nos cerca e que nenhuma tecnologia é capaz de recriar ai sim vocês saberão dar valor ao que realmente importa.

Preste atenção nas pessoas, nos sentimentos, na essência da vida; nós de ubuntu sabemos reconhecer essas qualidades na vida. Saiba para onde está indo, de onde veio, por que estamos aqui, não se percam no espaço apenas ocupando um lugar nessa imensidão, descubra para que você está aqui e mexa-se.

Uma semana linda pra vocês!

Aloha!

Anaya Hanna

Galáxia Lírio

Hoje na escola foi dia de estudar sobre a galáxia Lírio, nossos anciões nos levaram virtualmente a galáxia Lirio através do transportador de partículas.

Lírio é uma galáxia espiral com poeira cósmica, planetas, 100 bilhões de estrelas, nesta galáxia existe cerca de 30 bilhões de estrelas semelhantes ao sol e 5 bilhões de planetas semenhantes a Ubuntu nossa casa.

Observar o Universo é estar em conexão com nosso próprio eu, fazemos parte de um todo e por isso somos responsáveis por nossas atitudes diante de nós e do outro, do cosmo.

Sempre fico curiosa por saber quem habita os outros planetas, galáxias; há vida em todos os planetas como conhecemos em Ubuntu? ou diferente? E quais são estas diferenças? Como eles são? Como vivem? Quais são as curiosidades? Conheço alguns planetas e sempre me surpreendo com as atitudes, descobertas, cada um no seu ritmo, uns mais avançados, outros tentando chegar, não podemos atropelar o desenvolvimento de cada planeta, mas observar é muito interessante.

Quando olho para o céu fico imaginando quantos milhões de pessoas de seres neste momento também estão olhando e se perguntando a mesma coisa, é surpeendente essa conexão que nos liga a tudo.

Por hoje é só turma!

Aloha!

Anaya Hanna.