Eu e o Mundo!

A visita a Dakaraí mexeu muito com todos nós, por mais que tentássemos entender não conseguimos compreender como um povo pode destruir seu próprio planeta, na verdade, como uma parte pequena de um  planeta pode por causa do poder dominar a maior parte e ainda contribuir para destruir um planeta tão bonito como Dakaraí? Ficamos indignados com tudo o que vimos, com todo o descaso dos governantes com os cidadãos, mas também não entendemos como esses mesmos cidadãos agem com a preservação do planeta, eles não cuidam, notamos apenas uma pequena parcela que respeita a mãe natureza, foi muito triste constatar tudo isso. Ainda não me conformo!!!

Nossos mestres que nos acompanharam durante a viagem de intercâmbio nos explicaram que por mais que quiséssemos ajudar, tínhamos que ter paciência, pois o povo deve mudar por atos de consciência e não por insistência de um outro povo, por pressão, porque isso não seria reconhecer o erra e consertar, seria agir de uma forma em que não se acredita. Por isso estaríamos errando e não ajudando. Podemos contribuir, mas só quando o povo reconhecer a necessidade de ajuda, enquanto isso podemos contribuir com quem necessita e solicita essa ajuda, podemos também mostrar com nossas ações como fazemos para preservar nosso planeta, quem sabe através de nossos exemplos eles se animam!

Confesso que as vezes fico desanimada, mas nossos mestres têm razão, eles vão perceber que precisam mudar de atitude e nós estaremos aqui para ajudá-los. Com esse pensamento em minha mente adormeço sonhando com dias melhores para o povo de Dakaraí.

Dia da partida.

Hoje Anahi volta à Dakaraí, ela está bem animada, mas disse que já está com saudade de todos de Ubuntu.

Acordamos cedo para ajudá-la a fazer as malas, tomamos um gostoso lanche para poder acompanhá-la até a nave.

Anahi disse que aprendeu muita coisa conosco e que quando chegar a sua escola vai contar sobre tudo que aconteceu em Ubuntu e que vai nos esperar no próximo mês para nossa visita a sua casa.

Eu, Aliel, Lume, Pico, Tati, minhas irmãs e meus pais fomos nos despedir de Anahi. Tomara que seu povo possa reverter tudo que estão fazendo de prejudicial a saúde da mãe natureza e do planeta Dakaraí, porque assim vão beneficiar a si próprio.

Voltei para casa pensativa após a partida de Anahi, ela é uma garota especial que está querendo ajudar o seu povo, precisa da nossa ajuda e vou fazer todo o possível para ajudar nesta tarefa.

Tomara que um mês passe rapidinho para podermos nos ver, também estou curiosa para conhecer o Planeta Dakaraí, será que é tão bonito como Anahí vivia dizendo? será que as pessoas serão gentis conosco? são muitas perguntas que terão que aguardar respostas daqui um mês.

Meu avô sempre diz que uma amizade verdadeira é para sempre, independente de diferenças que possamos ter, o coração é quem tem a razão!

Aloha!

Anaya Hanna

Dia da Gratidão!

 

Hoje aqui no planeta Ubuntu é dia de agradecimentos! Cada família se reúne e todos juntos vamos ao Jardim das Flores e realizamos um grande piquenique, tudo é feito com muito amor, cuidado e respeito a mãe natureza que proporciona nosso alimento.

Os pássaros se alegram com nossa presença e nos encantam com seu lindo canto, formando um lindo coral para presentear nossa festa.

As borboletas coloridas dançam a nossa volta e se confundem em meio as flores num lindo ballet de reverência a existência.

O Jardim das flores é muito colorido, pois tem flores de todas as cores, tamanhos, perfumes e texturas; enfeitamos várias mesas e colocamos a comida, as crianças como eu brincam e ajudam na organização, pois aqui todos nós somos responsáveis pela vida que nos cerca.

No final da tarde realizamos um ato de agradecimento. Agradecemos a plantação, a colheita, a vida, a união de todas as pessoas para que juntos cultivemos a felicidade.

Anahi ficou feliz em participar desta celebração à vida.  Eu, Aliel e Anahi nos divertimos muito e no final da festa todos nós fomos plantar novas sementes. Semente de novas alianças com o Planeta e com o Universo.

Aloha!

Anaya Hanna

 

 

 

Meu mundo!

Oi pessoal! Meu nome é Anaya Hanna e moro no planeta Ubuntu, vou á escola com meus amigos, brinco, participo de grandes aventuras, ops, eu já contei isso pra vocês!

Hoje vou contar um pouco como é meu Planeta, ele é todo verde, pois a natureza é nossa mãe, respeitamos e seguimos o seu ciclo, ouvimos a Mãe Natureza!

As águas falam conosco e seguem seu curso, o vento bate a nossa face nos pedindo passagem, às vezes eu e meus amigos sentamos e ficamos por horas ouvindo as histórias que os ventos nos contam sobre os lugares onde estiveram. Histórias, amo histórias!

Aqui no meu planeta a vida é celebrada todos os dias, nosso cumprimento é sou feliz quando faço alguém feliz.

Eu e meus amigos estamos ansiosos para conhecer nossa nova amiga, Anahi que chega amanhã do planeta Dakari, estamos muito curiosos em conhecer mais sobre este planeta. Ouvimos muitas histórias sobre o povo que vive lá, dizem que eles jogam muitas coisas nas águas e depois passam sede, não sei se é verdade, pois é bem maluco isso.

Aposto que vocês também estão curiosos, então continuem conosco e quem sabe esse intercâmbio faça a diferença para todos nós.

Paz e tchau!

Anaya Hanna

#soufelizquandofaçoalguémfeliz